Implantodontia

Implantodontia
Implantodontia

Implantodontia é o ramo da odontologia que recupera espaços edêntulos através de inserção de raízes dentárias artificiais que suportarão uma prótese de dente (coroa). Isso ocorre pela implantação de um parafuso de titânio no interior do tecido ósseo onde houve a perda do elemento dental. Ao substituírem as raízes dentárias, possibilitam a confecção de próteses sobre eles, permitindo a reabilitação estática e funcional (mastigação), além de devolver a qualidade de vida ao paciente.

Avaliação dos pacientes

Cada paciente tem uma história clínica e  cada particularidade deverá ser avaliada:

  • Estado geral da saúde do paciente;
  • Exames laboratoriais;
  • Rigoroso exame clínico e radiográfico (radiografias e tomografias).

Condições locais que podem limitar o uso dos implantes:

  • Qualidade óssea, determina a estabilidade do implante e a distribuição da força, muitas vezes só é comprovada no ato cirúrgico;
  • Quantidade óssea, determina a largura e a dimensão do implante a ser utilizado, bem como a necessidade do uso de enxertos ósseos e biomateriais.